105_curved_UHDTV

2013 não chegou ao fim, e já pensamos em 2014. Na verdade, pensamos no primeiro grande evento de tecnologia de 2014, a CES (Consumer Electronics Show), que acontecerá em Las Vegas (EUA), nos primeiros dias de janeiro. E, pelo visto, a feira não será dominada esse ano por tablets, smartphones ou relógios inteligentes. Tá, até vamos ter esses produtos em grande profusão. Mas as estrelas da feira serão as TVs. E digo mais: as TVs curvas.

Só no dia de hoje, LG e Samsung (que começam a se estapear nesse segmento) anunciaram modelos que serão apresentados na CES 2014. As duas com, pelo menos, duas grandes similaridades: telas de grandes dimensões (ambas de 105 polegadas), e com curvaturas, para que se aproximem da experiência oferecida hoje pelas salas de cinema. A tendência é que outros fabricantes façam o mesmo nos próximos dias, e que o evento seja inundado por esses grandes televisores.

É um movimento dos fabricantes que não pode ser condenado. Não é algo 100% inovador, mas é uma aposta para estimular o consumidor a investir em produtos que o aproximem da experiência da sala de cinema. Afinal de contas, se as pessoas não gastam mais dinheiro porque o cinema é caro (e no Brasil as salas não oferecem muitas opções de filmes e formatos de áudio e legenda), ao menos que a sala de estar (ou de vídeo) do consumidor se transforme efetivamente em um “home cinema”.

lg-105-pulglg-105ub9-g2-1063-1 (1)

Por outro lado, pelo menos por enquanto, é preciso ter “bala na agulha” para equipar a sua sala com esses equipamentos. As primeiras TVs com tela curva disponíveis no mercado brasileiro contam com preços proibitivos – a partir de R$ 40 mil -, e contam com metade do tamanho das sugeridas hoje por LG e Samsung. Logo, não podemos ficar muito animados com os produtos que serão apresentados na CES 2014 no quesito preço. E nem precisamos, pois muito provavelmente esses produtos não chegarão ao mercado de forma imediata.

De qualquer forma… será que é hora de começar a quebrar paredes de casa? Bom, eu moro em uma casa pequena, e minha maior ambição é trocar a TV de 32 polegadas (que funciona muito bem, obrigado) por uma de 40 polegadas. E, mesmo assim, só pretendo fazer isso quando realmente for necessário. Agora, imagine aqueles que não vivem sem a tal tecnologia de ponta?

Ah, você já está quebrando paredes na sua casa? Tá certo…